Hoje é segunda-feira, 24 de junho de 2024
Pesquisar
Close this search box.

Cooperativas participam de rodadas de negócios do Exporta Mais Brasil

O evento Exporta Mais Brasil Cooperativas, organizado pela ApexBrasil, aconteceu em Brasília, na última semana, com a participação do Sistema OCB. Durante os dias 16 e 17 de maio, dez compradores de nove países diferentes participaram de uma rodada de negócios e conheceram mais de perto, o potencial das cooperativas brasileiras do Ramo Agro.

O objetivo principal do projeto é mostrar o potencial do cooperativismo brasileiro para o comércio global. A iniciativa é parte do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre a ApexBrasil e a OCB, que inclui ações voltadas para gênero, inteligência de mercado e um planejamento estratégico de exportação do coop. Com o apoio do Sistema OCB e do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), o evento buscou fortalecer novos laços comerciais e abrir parcerias para os produtos das cooperativas participantes.

O encontro promoveu rodadas de negócios com 22 coops de várias regiões do país e, dentre as selecionadas para participar, se destacaram as que produzem café, mel e própolis, frutas, vinhos, lácteos e outros alimentos e bebidas. Para Pâmella Lima, coordenadora de Negócios do Sistema OCB, essa é mais uma oportunidade para reforçar o compromisso da entidade em impulsionar e incentivar a inserção do cooperativismo brasileiro no comércio internacional. “Fortalecer o protagonismo das nossas coops no exterior é essencial para a expansão sustentável do setor. Durante o 15º Congresso Brasileiro do Cooperativismo (CBC), os congressistas estabeleceram, como prioridade, a abertura de novos mercados internacionais e a ampliação da internacionalização do nosso modelo de negócios, o que vai permitir um estímulo para uma atuação conjunta em mercados estrangeiros”, afirmou.

As negociações ocorreram na tarde de quinta-feira (16/05) e na manhã de sexta-feira (17/05), o que permitiu às cooperativas participantes uma visão mais clara das oportunidades de mercado e das exigências do comércio externo. No total, foram 77 reuniões. “Estamos muito satisfeitos com os resultados. Foi uma oportunidade ímpar para as coops que estão no início da jornada de internacionalização. Como integrantes do projeto, elas puderam entender o que precisa ser feito para iniciar ou ampliar suas exportações. Recebemos feedbacks positivos, que destacaram a importância desse evento para o planejamento estratégico das suas operações no mercado global”, complementou Pâmella.

Os compradores, provenientes de países como Bulgária, Polônia, França, Rússia, Emirados Árabes Unidos, África do Sul, Peru, Índia e Canadá, também tiveram a chance de conhecer melhor o coop rural do Distrito Federal. As visitas técnicas incluíram a Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), a Vinícola Brasília e a Villa Triacca.

Até agosto deste ano, o PEIEX Coop, outro projeto de parceria entre ApexBrasil e OCB, que visa capacitar cooperativas para exportação, pretende capacitar até 50 coops. No ano passado, todas as que receberam apoio da ApexBrasil conseguiram exportar, diretamente, US$ 8,3 bilhões, o que demonstra o impacto do cooperativismo no comércio exterior brasileiro.